Doença de Chagas resumo

Neste artigo trazemos um resumo bem interessante a respeito da doença de Chagas, como sintomas, transmissão, tratamento e outros detalhes a respeito dessa doença.


Imprimir

Inscreva-se!

Para quem esta se preparando para o vestibular é fundamental estar por dentro de todas as matérias e assunto, por isso neste artigo vamos trazer um breve resumo a respeito da doença de Chagas, visto que é muito comum encontrar questões sobre o assunto em diversos vestibulares no Brasil a fora e também no exame do ENEM.

Desta forma tentamos trazer um breve resumo do assunto que é bastante grande e extenso, por isso neste artigo tentamos citar de formar sucinta os ponto mais importante.
Sobre a doença;
Transmissão;
Formas de Transmissão;
Onde vivem os barbeiros;
Sintomas;
Diagnóstico;
Tratamento;

Sobre a doença de Chagas

A doença de Chagas, também conhecida como tripanossomíase americana, ou ainda como mal de Chagas ou chaguismo é provocada pelo flagelado parasita Trypanosoma cruzi, cuja transmissão acontece pelas fezes do inseto Triatoma infestans, conhecido popularmente por barbeiro, porém em algumas regiões ele pode ser chamado de bicho-de-parede , chupança ou procotó por exemplo.

O Barbeiro ao adquirir o Trypanosoma cruzi transforma-se em vetor da doença de chagas.

Dica importante:Quem esta estudando para o vestibular, é importante lembrar que o inseto Triatoma infestans, o barbeiro, é um inseto hemíptero, e além dele outros insetos hemípteros também podem atuar como vetores do Trypanosoma cruzi, como é o caso do Rhodnius prolixus e do Panstrongylus megistus.

Transmissão da doença de Chagas

barbeiro-vetor-doenca-chagasDiferentemente do que muitas pessoas acreditam, a transmissão da doença de Chagas para os humanos não acontece diretamente pela picada do Barbeiro.

A transmissão acontece geralmente a noite(visto que o barbeiro possui hábitos noturnos), quando um barbeiro infectado pica o humano e defeca, essas fezes contaminadas com os tripanossomos podem acabar penetrando no pequeno orifício causado pela picada e assim os protozoários acabam atingindo a corrente sanguínea.

Ao coçar o local da picada a pessoa aumenta ainda mais as chances de infecção, visto que assim acaba levando as fezes contaminadas com o parasita Trypanosoma cruzi para o local da picada.

Todo barbeiro transmite a doença de chagas? A resposta é não!

O Barbeiro para transmitir a doença de Chagas necessita estar contaminado com o Trypanosoma cruzi, o Barbeiro geralmente acaba se contaminando com o parasita ao picar animais infectados com o protozoários, por isso os animais silvestres são os principais reservatórios naturais para a transmissão da doença de chagas, lembrando que um barbeiro também pode contrair o parasita ao picar uma pessoa já infectada.

Formas de transmissão da doença de Chagas

Além da transmissão causada pelo Barbeiro como vimos anteriormente, a transmissão do mal de Chagas também pode se dar por outras formas como por exemplo:

– Transfusão de sangue(quando o doador esta contaminado com Trypanosoma cruzi) ;
– Leite materno;
– Via Congênita(Da mãe para o feto na gravidez);
– Alimentos contaminados(caldo-de-cana e açaí);

Onde ficam os barbeiros

Podem vivem em diversos lugares, como buracos no chão, paióis , embaixo de pedras, chiqueiros, galinhos e também nas frestas existentes nas paredes e no teto de casas feita de pau-a-pique.

Apesar de existirem estudos e pesquisas a respeito de uma vacina para cura do mal de Chagas, conforme informações encontradas no site da Fio Cruz, é importante lembrar que ainda não existe vacina contra doença de Chagas, por isso uma das maneiras que ajudam a combater os barbeiros e consequentemente a transmissão da doença, é a construção de casas de alvenaria no lugar das de madeiras ou feitas com barro, pois sem frestas nas paredes o barbeiro não tem onde se esconder.

Além de outros cuidados como a correta lavagem da cana-de-açúcar e do açaí antes do consumo.

Sintomas da doença de Chagas

Os sintomas da doença são divididos em duas fases, aguda e crônica, na fase aguda que acontece nos primeiros dias após a infecção, os sintomas são bastante lentos, e podem causar febre e por isso por isso muitas pessoas acabam não percebendo que estão infectadas com o vírus.

Já na fase crônica da doença, é quando os parasitas deixam de circular na corrente sanguínea e acabam se instalando em diversos órgãos, principalmente no coração e quando isso acontece é comum os doentes apresentem sintomas como taquicardia, hipotensão(pressão arterial baixa) e cardiomegalia.

Diagnóstico da doença de Chagas

Na fase aguda, quando o parasita esta circulando na corrente sanguínea o mesmo pode ser diagnosticado com um simples exame de sangue, já na fase aguda, quando o parasita deixa de circular na corrente sanguínea o diagnostico pode se dar através da sorologia.

Tratamento da doença de Chagas

Assim como em qualquer doença, o tratamento do mal de Chagas deve se iniciar o mais breve possível, para que a doença não venha a evoluir para a forma crônica, e quando trata na fase aguda, quando o parasita ainda esta no sangue, os resultados são bastante satisfatórios, geralmente a medicação é ministrada em ambiente hospitalar.

Já na fase crônica o tratamento não surge muitos efeitos, sendo que nesta fase o tratamento é mais afim de controlar os sintomas da doença e evitar possíveis complicações mais graves.



Navegue:
4 Comentários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *