Qual a diferença de plebiscito e referendo

Depois de inúmeras manifestações e protestos em todo o Brasil, os governantes estão propondo realizar plebiscitos e referendos, saiba o que cada um quer dizer e suas diferenças.


Imprimir

Inscreva-se!

O que tem se visto nas ruas do Brasil nas últimas semanas é algo histórico, pessoas de todas as idades, especialmente jovens, nas ruas com faixas e cartazes, protestando e cobrando dos governantes um país melhor e mais justo, menos desigualdade, menos impostos e melhores serviços públicos.

E esses gritos que estão vindo das ruas esta ecoando nos corredores e gabinetes dos governantes que estudam uma forma de atender as reivindicações da população.

votar-urna-eletronicaE o que tem se falado e comentado muito nos últimos dias na imprensa é a respeito de fazer ou não um plebiscito ou referendo, porém a maioria da população não sabe o que significa cada um deles e quais são as suas diferenças, e é isso que vamos explicar para você nas próximas linhas, para que desta forma, sempre que você ler, ver ou ouvir alguma notícia sobre o assunto, possa saber e entender do que se trata.

Ambos são uma forma de consulta popular a respeito de determinado assunto político de interesse popular, confira o que é cada um deles.

O que é um plebiscito

O Plebiscito é a convocação de todos os eleitores para que estes aprovem ou não a criação de determinada lei ou ato administrativo, ou seja, é realizado antes que determinado ato ou lei exista.

Um exemplo de plebiscito recente que aconteceu no Brasil, foi referente a divisão ou não do estado do Pará em 2011, no qual o projeto visava criar dois novos estados Carajás e de Tapajós, nesse plebiscito a população votou contra a divisão do estado e desta forma o projeto foi rejeitado.

O que é um referendo

Assim como no plebiscito, em um referendo é realizada uma consulta popular a respeito de determinado assunto, porém o referendo acontece depois que o ato/lei já foi aprovado, cabendo assim a população aceitar ou não a proposta de lei já criada.

Como exemplo recente de referendo, temos o que aconteceu em 2005, a respeito da proibição do comércio de armas de fogo e munições, no qual a população foi as urnas e rejeitou a alteração na lei que visava essa proibição, com isso foi mantido o comércio das mesmas.

Principal diferença entre plebiscito e referendo

Agora que sabemos o que cada um deles significa e como funciona, percebemos que a principal diferença entre os dois é o plebiscito é uma consulta feita a população antes do ato legislativo ou administrativo, já o referendo é realizado depois, quando o povo ou aceita ou rejeita uma regra que já existe.



Navegue:

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *