Viagem Alemanha-Passando pela imigração no aeroporto

Quem viaja para a Europa a turismo, sempre fica bastante apreensivo em relação a questão da imigração no aeroporto, nesta publicação falo a respeito de como foi a minha passagem pela imigração na Alemanha no aeroporto de Munique.


Imprimir

Inscreva-se!

Vamos iniciar hoje uma nova categoria aqui no site, que é relacionado a viagens, onde vamos publicar inúmeras informações, dicas e curiosidades sobre o assunto, que com certeza vão ajudar muitas pessoas que estão com planos de viajar, seja dentro do Brasil ou para outros paíese.

E para começar, vou trazer alguns detalhes da minha última viagem, em específico sobre a questão da imigração na Alemanha, fato que tira o sono de muitos turistas que pretendem entrar na Europa.

Então, eu e minha esposa decidimos passar as férias desse ano na Alemanha, e com isso aproveitamos para conhecer outros países da região como França e Itália.

O nosso destino saindo do Brasil seria Munique, então decido o destino e locais que iríamos conhecer, o primeiro passo foi encontrar o melhor preço das passagens aéreas para o período desejado, feito isso busquei saber mais detalhes a respeito das regras e documentos necessários para entrar na Europa (traremos em outro post mais detalhes sobre a documentação necessária).

A imigração

europa-passaporte-imigracao-alemanhaE foi nessa busca, que li muita coisa relacionada a questão da imigração na Europa, casos de turistas que foram retidos na imigração e até mesmo deportados sem conseguirem entrar na Europa.

E depois de ler tantos e tantos relatos, confesso que estava bastante apreensivo com relação a imigração na Alemanha, mesmo estando com todos os documentos necessários, como: passagem de volta, seguro saúde, reservas de hotel e dinheiro suficiente para o período, etc, sempre fica aquele frio na barriga.

Então vamos aos fatos! Chegando em Munique, após sair do avião, basta seguir o fluxo de pessoas, até chegar na imigração, as bagagens você só retira após passar pela imigração.

Na imigração basta entrar em uma das filas para pessoas com passaporte de fora da União Europeia, e aguardar chegar a sua vez, caso esteja acompanhado, como era o meu caso que estava com minha esposa, pode seguir ao guichê juntos.

Eu segui com a minha esposa, em uma das mãos estavam os passaportes e em outra estava com uma pasta transparente com todos os documentos caso algo fosse solicitado.

Ao chegar no guichê, entreguei os passaportes (meu e da minha esposa) e falei ao oficial da imigração apenas um “good morning”.

Ele então folhou os passaportes, observou as fotos e olhou para nós e pronto, carimbou os passaportes e ao entrega-los disse apenas “Welcome”, e foi isso, estávamos autorizados a entrar na Alemanha e na Europa! Todo o processo levou apenas alguns segundos, menos que um minuto, e não foi pedido nada e nem feito qualquer tipo de pergunta.

Então para você que vai viajar pela primeira vez para a Alemanha ou para qualquer outro país da Europa, a dica que posso deixar é mantenha a calma na imigração, tenha em mãos todos os documentos necessários caso seja solicitado, fale apenas o necessário e somente se o policial perguntar algo!

Perguntas da imigração

Enquanto aguardava chegar a nossa vez na fila da imigração, percebi que para algumas pessoas os oficiais faziam algumas perguntas simples, como por exemplo: “Qual o seu destino final”, “Quantos dias você vai ficar”.

Mesmo que você não domine o inglês, com um nível básico já é o suficiente para entender e responder facilmente tais perguntas, basta manter a calma, afinal se você está indo como turista, passaporte válido, com voo de volta comprado, reserva de hotéis e seguro de saúde, não tem com o que se preocupar.

E se na pior das hipóteses você não consiga comunicar-se com o oficial da imigração poderá ser acionado um interprete para ajudar na comunicação, ou seja, você não será simplesmente deportado por não conseguir se comunicar em inglês na imigração, lembre-se que o policial somente quer ter certeza que você não está indo para a Alemanha ou para qualquer outro país da Europa para trabalhar e ficar de forma ilegal, então reforçando, se você está indo como turista com toda a documentação em ordem não tem com o que preocupar-se!

Então é isso, e se você ainda tem alguma dúvida sobre o assunto, envie seus comentários que estaremos respondendo a todos!



Navegue:

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *