Resumo do livro Felicidade Clandestina-Clarice Lispector

O livro possui um total de 25 contos, conheça quais os nomes deles e um breve resumo de alguns deles.


Imprimir

Inscreva-se!

O Livro Felicidade Clandestina de Clarice Lispector, foi publicado no ano de 1971, e nele encontramos um total de 25 contos, sendo que o primeiro conto possui o nome do livro, Felicidade Clandestina.

E para quem está precisando estudar esse livro para o vestibular, trazemos nessa página um breve e pequeno resumo a respeito de apenas alguns desses 25 contos que fazem parte dessa Obra, para que assim você possa ter uma ideia melhor sobre alguns desses contos, e desta forma possa venha a facilitar o entendimento dos mesmo quando tiver a oportunidade ler o livro completo.

Felicidade Clandestina

Neste conto, a narradora(autora) em primeira pessoa descreve a sua história de infância a respeito de conseguir um livro emprestado de uma “garota má”, que é filha de um livreiro, e que apesar de possuir muitos livros não gosta de ler, e promete a narradora um livro emprestado, porém sempre que ela vai buscar a garota má inventa uma desculpa para não empresta o livro.

Certo dia a mãe da garota má descobre toda a verdade, de que a sua filha estava sempre enganando, e assim a narradora consegue o livro que tanto queria ler, e com isso vai lendo o mesmo aos poucos, como se não quisesse que ele chegasse ao fim, como quem não deseja gastar a felicidade.

Miopia Progressiva

Neste conto o narrador descreve um garoto que usava óculos pelo fato de possuir miopia, e também da relação dele com a sua família.

E que descobre outras formas de ser amado quando vai passar alguns dias na casa de uma prima que não possuía filhos.

Um amizade sincera

Neste conto o narrador conta a sua história de amizade com um rapaz do Piauí, amizade esta que no inicio rende longas e demoradas conversas, mas que com o passar do tempo vão se acabando, e essa convivência de conversas e trocas de confidências e pormenores, acaba-se tornando um pesos para ambos, que só é suportada pela amizade dos dois.

Restos de Carnaval

Nele, assim como acontece em Felicidade Clandestina, mais uma vez a autora relembra a sua infância, desta fez a respeito de suas expectativas do carnaval, uma vez que nunca participava efetivamente da festa.

Mas em um certo carnaval algo diferente acontece, ela acabou ganhado de uma vizinha, sobras de papel crepom cor de rosa e assim uma fantasia de rosa.

Com grande empolgação ela estava praticamente pronta para brincar o carnaval quando a sua mãe acabou adoecendo e ela teve que ir buscar remédios para ela em uma farmácia próxima, mesmo sua mãe melhorando, ela acabou perdendo todo aquele encanto e empolgação que existia anteriormente.

Mas mesmo assim sai fantasiada de rosa para o Carnaval, porém sem entusiamos, até que surge um garoto de aproximadamente 12 anos que lhe sorri e joga confetes sobre a cabeça, neste momento sentir-se nesse momento reconhecida, uma “rosa”.

O grande passeio

Conta a história de uma velhinha chamada Margarida, cujo apelido era Mocinha, que havia perdido marido e os dois filhos(todos morreram), e que sendo abandona no Rio de Janeiro, foi acolhida por uma família, e passou a viver nos fundos de uma grande casa.

No entanto essa família que a abrigou, decidiu tirar ela desse quartinho e a levaram para Petrópolis, onde viva um irmão dessa família, mas esse irmão não a quis, a deu dinheiro para voltar ao Rio de Janeiro, mas mocinha não voltou e ficou vagando pela cidade.

Por fim Mocinha anda sozinha por Petrópolis e acaba vindo a morrer embaixo de uma árvore.

Perdoando Deus

Nesse conto a narradora, relata uma experiência interior e única, que ao andar feliz, tinha a sensação de acariciar Deus, mas que ao quase pisar em um rato morto, acabou entrando em pânico e desesperou-se, pois tinha um pavor enorme de ratos, então tentou ligar os dois fatos e refletir o antes e depois de ter encontrado o rato.

Come, meu filho

Conta a história de um menino chamado Paulinho que durante as refeições não para de falar e de puxar inúmeros tipos de assuntos com a sua mãe, tudo com o pretexto de não ter que se alimentar.

Tentação

É uma narrativa lírica, a respeito de uma menina ruiva que estava com soluço sentada nas escadas da entrada de sua casa, e ao passar em frente dela um cão da raça basset, também ruivo, com a sua dona, a menina e o cão trocam olhares, e a menina acaba desejando ser a dona do cachorro.

O ovo e a galinha

Parecendo-se bastante com uma dissertação sobre os mistérios do ovo, o conto trás inúmeras considerações a respeito do ovo ora lógicas, oras subjetivas e até mesmo alucinantes.

Cem anos de perdão

Neste conto, a narradora descreve o seu grande interesse por rosas e também de como começou a roubas-las de jardins com a ajuda de uma amiga.

Além de rosas, também roubava pitangas com sua colega, pois enquanto uma roubava, seja pitanga ou rosas a outra vigiava para ver se não se aproximava ninguém.

Em um trecho do conto diz que ladrão de pitangas e rosas possui cem anos de perdão, pois as pitangas por exemplo pedem para serem colhidas,”em vez de amadurecer e morrer no galho, virgens”

A Legião Estrangeira

A narradora acaba ganhando um pinto de presente, e esse fato a fez lembrar de um acontecimento no passado, de quando havia comprado um pintinho para seus filhos, que acabou aparecendo morto no chão da cozinha depois da visita de sua vizinha Ofélia.

Os Obedientes
Sendo um relato singular, esse conto enfoca e recria acontecimento da rotina desmotivadora de um casal que acaba vivendo por viver, que vivem fechados em seus mundos, e por isso não conseguem observar e perceber a realidade que vivem e nem a que os cerca.

Demais contos do livro

A cima você pode conferir um breve resuminho dos 12 primeiros contos do livro Felicidade Clandestina, além desses 12 contos citados aqui, o livro ainda possui mais 13 contos, que são os seguintes:

– A repartição dos Pães;
– Uma esperança;
– Macacos;
– Os desastres de Sofia;
– A criada;
– A mensagem;
– Menino a bico de Pena;
– Uma história de tanto amor;
– As águas do mundo;
– A quinta história;
– Encarnação involuntária;
– Duas histórias a meu modo;
– O primeiro beijo;

E como citado no inicio, além dos resumos dos contos, é muito importante, especialmente para quem esta se preparando para o vestibular, ler o livro Felicidade Clandestina completo, pois vale muito a pena!



Navegue:
3 Comentários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *